sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Interessante o pensamento do autor desta figura, mas nunca que estes movimentos vao se unir. Nao ha absolutamente nada em comum entre eles. O primeiro da lista apoia a chamada "intervencao militar" (se nao apoiam hoje, no minimo, apoiaram antes). No extremo oposto um movimento de esquerda estudantil, sao a favor da legalizacao da maconha e contam com os black blocs nas manifestacoes. Ia ser ridiculo