quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

"Notas sobre um escandalo"

Como ja disse em uma publicacao anterior, costumeiramente vendo coisas pela internet e, em funcao disto, utilizo os servicos dos Correios com grande frequencia. No entanto, poucas coisas sao capazes de me despertar o nojo, como por exemplo, este folheto que esta sendo distribuido nas agencias - imagino eu - por todo o territorio nacional. Esta noticia vem com certo atrazo, mas nao posso deixar de comenta-la.



Ja nao bastasse o fato de que o governo federal gastou dinheiro publico na elaboracao destes panfletos idiotas, que nao trazem nenhuma informacao de utilidade publica senao talvez uma tentativa de fazer propaganda positiva para o governo da atual ditadora Dilma Rousseff, ha de se vomitar ante ao fato de que o novo logotipo dos Correios "custou" R$ 50 milhoes. Claro, nao faz parte desta cifra a quantidade de dinheiro publico envolvido com a empresa de consultoria que elaborou a arte do panfleto, bem como sua impressao (imaginem qual foi a tiragem astronomica...). 

Diz a porcaria do panfleto: "A marca dos Correios estah mudando porque o mundo estah em contante evolucao. E a marca que eh dos brasileiros tambem precisa inovar, para diminuir as distancias e estar cada vez mais perto dos brasileiros. Afinal, nosso compromisso eh estar junto com voce sempre".

Deus nos livre do governo federal de "estar junto com voce sempre"! Eh coisa tipica e corriqueira do governo petista fazer as pessoas acreditar que a simples mudanca de um logotipo, sem qualquer acao ou execucao de plano de melhoria na gestao do sistemas, organizacao e metodo da organizacao, venha melhorar alguma coisa. Cada vez que vou aos Correios perco, em media, de 30 a 60 minutos na fila. Nao apenas o sistema operacional deles eh lerdo e sujeito a falhas constantes, como tambem o numero de atendentes deixa a desejar. Isto sem mencionar que os Correios agregou servicos que nao sao de sua competencia, como a venda carnes de titulos de capitaliacao, pagamento de contas, recarga de celulares, venda de bonecos, entre outros. Com esperar que uma empresa assim vah pra frente?



Ao comentar o fato com um dos atendentes, o proprio me contou a historia do logotipo antigo. Durante uma conversa ele se lembrou da epoca em que o regime militar abriu um concurso, um artista plastico que elaborou o logotipo tradicional doou os direitos autorais para os Correios. Vejam a comparacao: um regime militar cria um logotipo a custo zero, ao passo que, num governo petista, um logotipo para a mesma empresa publica "custou" R$ 50 milhoes?

Faco questao de colocar a palavra "custou" entre aspas, pois, me parece que seria de uma conveniencia enorme a certos interessados em criar justificativas imbecis para desviar dinheiro publico aos centenas de milhares de interessados que orbitam o governo da ditadora Dilma Rousseff, um governo podre e cheio de vermes. Nem aqui e nem na China a mudanca de um logotipo reduz distancias ou torna um servico mais agil. Acreditar nisso equivale acreditar que eh a bandeira que forma o pais e nao o contrario. A ultima pagina do folheto nao deixa duvidas de onde originou-se proposta tao podre e moralmente indecente: